terça-feira, 14 de agosto de 2007

MITOS DA CRIAÇÃO

Quando o Universo completou 9 bilhões de anos, um planeta pequeno e indistinto nasceu. No início, era um mundo quente e violento, mas, quando sua temperatura diminuiu, de alguma forma a vida surgiu e ganhou força. Primeiro as plantas ,depois os animais e, finalmente, seres humanos entraram em cena e formaram diferentes culturas. Algumas questões, porém, eram comuns a todos: “De onde viemos?” e “Como tudo começou?”. As primeiras idéias sobre a criação iam desde os mitos essencialmente românticos dos astecas até a abordagem pragmática dos judeu-cristãos.

Sete dias de Criação:Para os cristãos , “ No início, Deus criou o Céu e a Terra”. Nos seis dias seguintes, Deus trabalhou muito: por volta do terceiro dia, criou o dia e a noite, os mares, a terra e as plantas; por volta do quinto dia, as estrelas, o Sol e a lua, as criaturas do mar e os pássaros. No sexto dia, ele fez os animais e o ponto alto de sua criação: os seres humanos. Deixou o sétimo dia para descansar – por isso, os domingos são sagrados para os cristãos. Depois de criar o Céu e a Terra, Deus admira a sua obra.

A Palavra do Deus Atum:Os antigos egípcios, cuja civilização durou mais de dois milênios, criaram mitos bem complicados. Eles acreditavam que o Universo começou quando o deus Atum surgiu simplesmente chamado seu próprio nome. Em seguida, Atum vomitou seu irmão e sua irmã, Shu e Tefnut, que, por sua vez, geram o deus Geb (que simboliza a Terra) e a deusa Nut (o céu). Todos os egípcios nasceram dos filhos de Nut e Geb. Todo o ato da criação foi presenciado pelo Olho que tudo vê, sem interferências.

Ovo Cósmico:Para os antigos chineses, o Universo surgiu de um imenso ovo cósmico contendo o yin-yang. Ali existiam todas as coisas e seu exato oposto. Dentro do yin-yang, estava o deus P’an-Ku: seus olhos transformaram-se no Sol e na Lua: sua respiração, no vento; seus cabelos, nas árvores e plantas;sua carne, na Terra; seu suor, em chuva; e por fim os vermes que corroeram seu corpo transformaram-se em seres humanos. Em outra versão do mito chinês da criação, Pan-Kou-Che, o Criador, esculpia sua grande obra em meio no redemoinho de nuvens.

Quetzalcoatl e Tezcatlipoca:Os astecas do México tinham muitas lendas sobre a criação. Uma delas fala dos deuses Quetzalcoatl e Tezcatlipoca, que retiraram a deusa Coatlicue dos céus e dividiram-na em duas partes, criando o céu e a Terra. Seu corpo transformou-se em montanhas e vales; seus cabelos, em plantas. Mas Coatlicue estava infeliz com o que havia acontecido e exigia freqüentes sacrifícios de corações humanos. Em outro mito, Tezcatlipoca atrai um monstro marinho para a superfície e fica gravemente ferida. Seu corpo transforma-se na Terra.

Prajapati e o Ovo de Ouro:Muitos dos mitos de origem da cultura hindu têm como protagonistas deuses que surgem ao preferirem seus nomes. Outros descrevem grandes oceanos e alguns envolvem ovos cósmicos. De acordo com uma dessas lendas, um oceano gerou um ovo de ouro. Após um ano, Prajapati surgiu do ovo. Ele descansou em sua casa durante mais um ano, antes de tentar falar. O primeiro som que ele emitiu tornou-se a Terra; o segundo, o céu; e o terceiro, as estações.

Tempo dos Sonhos dos Aborígines:Na cultura aborígine australiana, temos o “Tempo dos Sonhos”: uma era na qual seus ancestrais partiam em jornadas, criando “sonhos” que se transformavam em pessoas, lugares sagrados e tradições. Os ancestrais muitas vezes tinham a forma de lagartos; aquecidos pelo Sol, tornavam-se humanos. O deus dos aborígines Dieri fez o primeiro ser humano na forma de um lagarto, mas percebeu que ele só seria capaz de andar quando sua cauda fosse cortada. Os ancestrais do Tempo dos Sonhos são celebrados em expressivas pinturas rupestres.


fontes: livro Big Bang- A História do Universo, dos escritores Heather Couper e Nigel Henbest, editora moderna, páginas 20 e 27

2 comentários:

salvandoomundo disse...

adorei as histórias!
não pude parar de ler!



ass:clara

Ana disse...

legal, talvez quira olhar meu blog: http://luizahs2.blogspot.com

Algumas Postagens